logo Escola Modelar Cambaba

Realizamos um trabalho de campo no Centro da Cidade do Rio de Janeiro, viajando pela Geografia (Professor Diego), pela História (Professor Roberto José) e pela Literatura e Arquitetura (Professora Mônica) do lugar.

Nosso caminho foi árduo: caminhando pela Pequena África (Gamboa e Praça Mauá), a fim de tirar da invisibilidade a tragédia da diáspora africana neste país, pudemos perceber a “revitalização” da Região Portuária e a organização de uma cidade que tentou, ao longo dos anos, esconder seu passado.

Dessa forma, sentimos as manifestações culturais da região e o nascimento do samba carioca na Pedra do Sal. Pudemos ver nosso passado colonial e monárquico no Paço Imperial e na Rua do Ouvidor. Observamos o Rio do início do século XX, concretizado em várias reformas urbanas: Teatro Municipal, Biblioteca Nacional, Museu Nacional de Belas Artes, a Cinelândia, que já foi um pólo de cinemas e onde hoje só há o Odeon.

Este trabalho é uma aprendizagem da necessidade de resistirmos.

Um viva à preservação de nossas memórias, de nossa História!

“Quando eu penso no futuro, não esqueço o meu passado.” (Paulinho da Viola)

Clique na foto e veja todas as imagens