logo Escola Modelar Cambaba

Eventos

O nome é um elemento de individualização da pessoa na sociedade. Ele é um direito de personalidade, algo íntimo. O nome é uma etiqueta que carregaremos por toda a nossa vida. A criança precisa aprender a respeitar, desde cedo, a forma de registro dos nomes de seus colegas e a ter orgulho de seu próprio nome.

Nos dias 6 e 9 de março foram realizadas simulações com os alunos, professores e funcionários de toda a escola, nos turnos da manhã e tarde, nas duas unidades. Os alunos foram separados em grupos para assistirem a uma palestra, recebendo instruções sobre como agir em uma situação de emergência.

No dia 28 de fevereiro, os professores e funcionários da Escola Modelar Cambaúba foram convidados participar de uma palestra ministrada pelo Sargento Luciano, do Corpo de bombeiros do RJ, sobre o plano de emergência em casos de incêndio, que instrui sobre como lidar e agir no caso de algum incidente.

O projeto Conexões 2018 começou no sábado, dia 03 de março, com o tema Cidade Partida: Violência no Rio de Janeiro.
Mais de 60 alunos de todo o Ensino Médio marcaram presença na aula multidisciplinar, que envolveu as seguintes disciplinas: História (Roberto José), Sociologia (Michelle Ferraz) e Geografia

Os alunos do 8º ano tiveram uma experiência incrível! Eles atribuíram significado ao conceito do número π (pi) , anteriormente pesquisado por eles e discutido em sala de aula.

“O trabalho com os blocos lógicos permite desenvolver a flexibilidade do raciocínio em atividades que contemplem classificações, formação de sequências, estabelecimento de correspondências e comparações, análises e sínteses, discriminação e memória visual, simbolização, dentre outras habilidades.”

No primeiro dia de aula, os alunos do 6º ano do Ensino Fundamental II foram recebidos com uma atividade diferenciada, organizada pela psicóloga Ana Lúcia Hirth e o professor Francisco Leonez (Educação Física): os alunos jogaram totó humano, jogo da velha com bolas e participaram da dinâmica da faixa.

A turma do Maternal I está em pleno processo de adaptação. Por contribuir para o desenvolvimento social, emocional e cognitivo da criança, a brincadeira é uma ferramenta fundamental nesse período.

Mochilas de rodinhas, estojo com divisórias, mesas e cadeiras irão fazer parte da rotina das crianças ao longo do ano de 2018.
Agora, o que eles não imaginavam é que mais uma surpresa estaria por vir!

O Espaço-Arte 2017 já está em exposição no pátio da Escola.
Os trabalhos, que tiveram como tema a Música Clássica, com ênfase na obra de Heitor Villa Lobos, foram desenvolvidos nas aulas de artes pelos alunos do 1º ao 5º ano do Ensino Fundamental I.